Chapéus,  Costura Histórica,  Tutoriais

Sunbonnet Challenge | Como fazer um chapéu vitoriano (1840-1860)

Olá, meus queridos! Tudo bem? Hoje vamos dar continuidade aos posts do Sunbonnet Challenge 2020.

Se você tá caindo de paraquedas aqui, esse é o terceiro post da série sobre um mini-desafio de chapelaria histórica que tá rolando na internet. No primeiro post já expliquei como funciona o desafio e no segundo post trouxe alguns modelos históricos que você consegue recriar em casa com materiais modernos.

O post de hoje é para mostrar como traçar o molde do modelo que eu escolhi fazer, um slat bonnet apropriado para o período 1840-1870. Basicamente o que eu fiz foi reproduzir o tutorial da Liz Clark do site The Sewing Academy, mas como ele está em inglês, resolvi traduzir as instruções do molde para vocês. Os direitos do material continuam pertencendo à Liz Clark.

O modelo que eu escolhi é bem simples e pode ser feito em três versões diferentes: liso, com babado do próprio tecido ou com renda.

bavolet, que é essa saia ou cortina que cai sobre o pescoço e ombros, é cortada numa única peça com a aba, o que vai nos poupar tempo e material. Ah, e por falar em material: o ideal e historicamente mais correto para esse modelo são os tecidos leves de algodão, principalmente em cores claras. Eu vou trabalhar com um tecido de lençol liso, mas florais miúdos (do tipo liberty) e xadrez também são perfeitos para essa peça!

Floral E listras são 10/10

MATERIAIS

1m de tecido enfestado (1,4m ou 1.5m de largura)

Papelão para estruturar a aba (qualquer caixa de papelão serve)

Linha e agulha. Usar máquina ou não fica a seu critério. Eu sou preguiçosa e fui de máquina na maioria das costuras.

Opcional: entretela ou buckram para dar um grau na estrutura da aba.

Papel de molde ou jornal

 

MOLDE

As medidas que estou usando aqui são as mesmas sugeridas pela própria Liz Clark para modelos a partir de 13 anos. A variação de tamanho será pequena, mas é sempre bom você testar o molde na cabeça antes de cortar no tecido final.

As medidas já estão convertidas para centímetros e NÃO INCLUEM MARGEM DE COSTURA. Adicione a margem conforme a sua preferência 😉

PASSO 1- Trace um retângulo de 63cm x 43cm

PASSO 2- Marque as seguintes medidas e linhas (em azul)

AE / CF= 19cm

EG= 25,5cm

 

PASSO 3- Trace uma linha diagonal entre os pontos E e D (em verde). Marque o ponto H a 43cm de distância do ponto E

PASSO 4 – Trace uma linha curva entre B e F (verde)

Você terá as duas peças do bonnet + sobras para fazer alguns enfeites à sua escolha:

Cortei esse primeiro molde, mas quando comecei a montar acabei descobrindo dois pequenos problemas nele: a aba não estava profunda o suficiente e a saia/cortina/bavolet ficava muito curto atrás. Meu cabelo não é particularmente longo ou volumoso, mas os penteados dessa época mantêm os cabelos num coque baixo na nuca. Não só a parte de trás mal cobria o cabelo, como mal cobria a base do pescoço. E sendo um modelo pensado para proteger do sol, isso simplesmente não fazia sentido. Então voltei para a mesa de modelagem para fazer algumas mudanças.

A primeira coisa que eu fiz foi modificar o corpo do molde. Mantive a medida da frente, mas redesenhei a curva da parte de trás e acrescentei 15cm. Mas essa medida de 15cm não é fixa, você precisa testar se ela fica boa para o seu cabelo, formato de cabeça, comprimento do pescoço, etc….

Para tornar a aba mais funda, mudei também a largura do revel. No final, ficou assim:

Aproveite a já corte a entretela ou buckram no mesmo tamanho da parte REVEL/ACABAMENTO, mas subtraia 2cm em toda a volta da peça de buckram. Ah, também não precisa incluir margens de costura no buckram 😉

Agora vamos para a montagem?

 

COMENTÁRIOS

Historiadora, costureira e apaixonada pela história das coisas miúdas e aparentemente insignificantes. Alguém que acredita que a vida é muito curta para usar roupas comuns e que a moda é, sim, um espelho da história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »