como engomar roupas
Tutoriais

Como engomar roupa em casa do jeito vitoriano

Engomar era parte de intensa rotina de trabalho da lavanderia de uma casa vitoriana. Depois de lavadas, algumas peças de roupas eram engomadas por diversos motivos. Anáguas eram engomadas para aumentar sua firmeza, o que ajudava a dar forma às saias, e também para proteção, fazendo com que fosse preciso lavá-las com menor frequência. Colarinhos eram engomados pelos mesmos motivos, assim como punhos, toucados e peças de renda.

A dona-de-casa a a criada vitoriana tinham suas próprias técnicas para fazer a goma perfeita para cada peça. E, embora hoje seja possível encontrar sprays de goma prontos no mercado, eu gosto de engomar minhas anáguas à moda antiga, com goma caseira feita no fogão. E hoje vou te ensinar a fazer isso de forma barata e sem deixar um rastro de bagunça e goma pelo chão de casa.

 

MAS O QUE É “ENGOMAR”?

Engomar é adicionar estrutura ao tecido através de uma mistura de água com algum tipo de amido. O amido mais comum é o de milho (maisena), mas batata, trigo, arroz e araruta também podem ser utilizados. Além dos amidos, clara de ovo e goma arábica são outra substâncias historicamente usadas para engomar, mas que são muito mais caras e se adaptam melhor a tecidos de seda.

Esse processo funciona muito melhor com tecidos naturais (linho e algodão, principalmente) e é ideal para ser aplicado em anáguas e outras peças de suporte.

A mistura para engomar pode ser feita em forma líquida ou pastosa e pode ser pré-cozida ou não. A técnica que eu vou ensinar aqui é para a goma de amido de milho pré-cozida, que requer muito menos esforço e tempo na hora de passar a peça depois de seca.

 

DO QUE VOCÊ VAI PRECISAR:

  • Água fria
  • Água fervendo
  • Panela grande
  • Amido de milho (maisena)
  • Açúcar
  • Óleo essencial ou essência à sua escolha (opcional)
  • 1 garrafa de spray plástico
  • 1 balde ou bacia grande
  • 1 toalha grande ou papel kraft/pardo/de molde
  • Ferro de passar.

COMO FAZER A MISTURA DE ENGOMAR

Numa panela de tamanho suficiente, misture 2 colheres de sopa de amido de milho com 240ml de água fria. Misture bem até que a maisena esteja bem dissolvida, sem nenhuma bolinha.

Adicione lentamente 1 litro de água fervendo (fervendo mesmo!), mexendo sempre em fogo baixo. Acrescente 1 colher de chá de açúcar refinado. Isso ajuda a prolongar a vida da goma e evita que ela amarele.

Continue mexendo até a colher começar a ficar pesada. Você terá uma mistura leitosa, opaca e semitransparente, com a consistência de um iogurte caseiro. Desligue o fogo e acrescente algumas gotas do óleo essencial ou essência à sua escolha. Eu uso lavanda e jasmin para dar aquele cheirinho de guarda-roupa antigo, sabe?

Essa é a receita base, que você pode aumentar de acordo com o volume das peças a serem engomadas. A quantidade de goma que você vai fazer também depende do método de engomar a ser usado. Vamos falar sobre isso a seguir.

como engomar roupas estilo antigo

O método antigo

Esse é o método que livros vitorianos como o “The Book of Household Management” (1861) e o “The Workwoman’s Guide” (1841) apresentam, mas ele tem um problema: você precisa de um bom espaço, como um pátio ou sacada, que possa ser lavado depois.

Prepare duas bacias: uma com a goma morna e outra com água fria.

Mergulhe a peça  na goma morna e deixe de molho ali por uns 10min. Torça a peça e mergulhe rapidamente na água fria, torcendo em seguida.

Deixe a peça para secar num local onde a goma possa escorrer. No caso de anáguas, eu gosto de pendurá-las pelo cós, para que a goma se concentre lentamente na parte de baixo, onde maior suporte é necessário.

Quando a peça estiver quase seca, tire da corda e passe com ferro na temperatura adequada. Não esqueça de usar uma toalha ou papel pardo em cima da peça, para evitar que seu ferro fique todo grudento.

Atenção: nunca engome roupas num dia nublado. Elas não secam direito e ficam meio bleh.

 

O método para quem tem pouco espaço

Se você mora em apartamento ou quer só evitar a sujeira, existe um método alternativo para engomar que eu (acho) que criei. Você vai precisar da mistura de engomar e uma garrafa de spray, daquelas que se usam para umedecer o cabelo no salão de beleza.

Pendure sua peça no varal da maneira mais aberta que você conseguir e vá umedecendo a peça devagar com borrifadas. Você controla a quantidade de goma e também a sujeira no chão! Depois é só passar como no método anterior.

Esse método é particularmente bom para peças de renda, como os punhos e colarinhos removíveis do período 1830-1860, além de lenços de cabeça e fichus.

 

Tem alguma outra dica ou truque para engomar? Conte pra mim aí nos comentários!

COMENTÁRIOS

Historiadora, costureira e apaixonada pela história das coisas miúdas e aparentemente insignificantes. Alguém que acredita que a vida é muito curta para usar roupas comuns e que a moda é, sim, um espelho da história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »