chemisette
Costura Histórica,  Tutoriais

Tutorial: Chemisette da Regência (1795-1820)

O QUE É UMA CHEMISETTE?

Chemisettes são camisas falsas, ajustáveis, que eram usadas para preencher os decotes da Regência no momento em que eles ficaram realmente fundos (1800s). A chemisette é uma peça clara, geralmente branca e confeccionada em algodão; algumas padronagens como listras finas e bordados em estilo inglês também são encontradas. O modelo mais comum é sem mangas, mas isso não parece ser uma regra, assim como as golas: elas podiam ser redondas e baixinhas, altas com babados, baixas com babados, estilo boneca, decote V, com rufos altos, com rufos removíveis… Como a chemisette era considerada parte da roupa de baixo, era bem possível que as mulheres tivessem diferentes modelos à sua disposição e só trocassem de acordo com seu gosto.

chemisette

PARA FAZER SUA CHEMISETTE VOCÊ VAI PRECISAR DE:

Materiais

60cm de tricoline, cambraia de algodão, organza ou musselina.

2m de fita de cetim nº 1

Rendas e bordado inglês para decoração (opcional)

Viés (opcional – bom para iniciantes)

 

Medidas

Circunferência do busto

Circunferência abaixo do busto

Comprimento das costas

Comprimento da frente

Medida do ombro +3cm

 

 

TRAÇANDO O MOLDE – Frente

No papel de molde (ou no jornal), comece traçando um retângulo com as seguintes medidas:

Agora vamos marcar os cortes da frente:

chemisette molde frente
Clique na foto para abrir o desenho em tamanho maior 😉

01 – No canto superior esquerdo, marque 7cm de cada lado e faça a curva do decote

02 – No canto superior direito, marque 3cm da vertical. Faça uma linha do cantinho do decote até essa marca de 3cm. O comprimento dessa linha é a medida do seu ombro +3cm.

03 – No canto inferior esquerdo, marque 7cm. Faça uma linha da pontinha da caída do ombro até essa marca.

Recorte seu molde e você terá a frente da chemisette pronta para cortar no tecido!

 

TRAÇANDO O MOLDE – Costas

No papel de molde (ou no jornal), comece marcando 1/4 do busto (na horizontal) e 3cm na vertical.

Abaixo desses 3cm, marque o comprimento da chemisette e feche o retângulo:

chemisette molde costas

Seguido pelas próximas marcações:

01 No canto superior esquerdo, marque 7cm na horizontal e 3cm na vertical. Faça a linha do decote.

02 Dentro dos 3cm que você já havia separado no começo, faça a linha do ombro.

03. No canto inferior direito, marque 9cm. Trace uma linha unindo essa marca à pontinha do ombro.

 

Recorte o molde e você terá as costas da sua chemisette pronta para cortar!

 

No final, você terá duas peças mais ou menos assim:

chemisette molde

Com a régua, marque a sua margem de costura. Se você for iniciante, faça uma margem de costura de 2cm. Costureiras experientes podem trabalhar com margens de 1cm sem problemas.

A FRENTE é aberta, então ela é cortada em duas partes.

AS COSTAS são fechadas e inteiras, então você cortará com o tecido dobrado.

As setas indicam o sentido do fio do tecido.

 

MONTAGEM DA CHEMISETTE

Eu vou ensinar aqui o método de montagem à mão, que é historicamente correto, mas você pode perfeitamente fazer sua chemisette usando a máquina de costura. 

  1. Una os ombros com costura francesa.
  2. Faça o acabamento com bainha enrolada em toda a peça, exceto na barra e decote.
  3. Na barra e decote, faça o acabamento com ponto chuleio, para que a peça não desfie.
  4. Opcional: no decote, você pode aplicar bordado inglês franzido para ter uma gola de babados ou pode aplicar um viés de algodão.
  5. Na barra, faça uma bainha normal, deixando espaço para passar a fita de cetim. Passe a fita primeiro pelas costas e dê alguns pontinhos no centro, para evitar a fita fique escorregando. Passe a fita nas duas partes da frente e você terá a amarração do busto pronta.
  6. No decote, costura dois pedaços de fita de cetim para fechar a chemisette no pescoço.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Esse é um modelo básico, mas você pode (e deve) brincar com variações. Faça versões abotoadas, acrescente babados de bordado inglês nas laterais, faça em outras cores, inclua decorações com renda… O limite é a sua imaginação!

COMENTÁRIOS

Historiadora, costureira e apaixonada pela história das coisas miúdas e aparentemente insignificantes. Alguém que acredita que a vida é muito curta para usar roupas comuns e que a moda é, sim, um espelho da história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »