Culinária

Bolo Porter, uma receita vitoriana perfeita para a Páscoa

O Bolo Porter é uma daquelas jóias da culinária inglesa. Ligeiramente semelhante ao brownie, leva várias frutas cristalizadas e a cerveja Porter, que dá o sabor tão especial. Essa variedade de cerveja, que na receita pode ser substituída por uma Stout, já foi muito apreciada pelas classes trabalhadores durante os séculos 18 e 19. Seu nome vem do fato de que era muito consumida nas regiões portuárias da Inglaterra e, sendo uma cerveja forte, fazia algum sucesso entre os trabalhadores do mar.

No início da Era Vitoriana, as variedades mais fortes eram chamadas de “Extra Porter”, “Double Porter” ou “Stout Porter”, sendo que esse último acabou sendo diminuído para apenas “Stout”. Diz-se que o sabor de uma Porter tradicional não é tão forte como o de uma Stout moderna. Embora você possa usar cervejas  como a Guinness ou a Murphy’s, que a gente encontra em mercados maiores, é recomendado acrescentar um pouco de água para suavizar o sabor.

O Bolo Porter fica muito melhor se for guardado enroladinho em papel manteiga, num recipiente bem fechado durante uma semana. Os conservantes naturais da cerveja Porter fazem com que esse bolo seja ideal para ser mantido por um período maior de tempo. Como os vitorianos, guarde alguns pedaços desse bolo na despensa para visitas de última hora ou até para um café-da-manhã especial vitoriano.  Vamos à receita.

As propagandas de cerveja eram, digamos, criativas no século 19, não?

Para fazer um delicioso Bolo Porter você precisará de:

175g de manteiga

100g de passas brancas

100g de passas pretas

100g de tâmaras secas picadas

60g de cascas cristalizadas de frutas cítricas

1 laranja (raspa da casca e suco)

190g de açúcar mascavo

300ml de cerveja porter ou stout

3 ovos batidos

320g de farinha de trigo, peneirada

2 colheres de sopa de especiarias moídas (cravo, canela, noz-moscada, pimenta)

1 colher de sopa de fermento químico

Para a cobertura: 50g de amêndoas laminadas e 20g de açúcar mascavo.

 

Como Preparar

Preaqueça o forno a 160ºC.

Unte a forma de sua preferência com manteiga ou forre com papel-manteiga. É melhor que seja uma forma funda.

Numa panela grande, misture a manteiga, as frutas, o suco e a raspa da casca da laranja, o açúcar e a cerveja. Leve ao fogo baixo mexendo sempre, até que a manteiga derreta e a fervura comece. Desligue o fogo e deixe descansar com a tampa fechada por 15min. Depois abra a tampa e deixe esfriar por cerca de 10min.

Acrescente os ovos batidos, a farinha e as especiarias, mexendo bem até obter uma mistura homogênea, mas mais fluida que uma massa de bolo de tradicional. No final, acrescente o fermento sem bater, apenas incorporando.

Despeje a mistura na forma, alise com as costas da colher de pau. Salpique o açúcar mascavo e espalhe as amêndoas por cima.

Leve ao forno por 90 min. Sirva frio, em fatias solitárias ou acompanhadas de um pouco de manteiga.

Seu bolo deve ficar assim:

Essa receita foi adaptada pelo site Recipe Wise, a partir da original de 1867.

COMENTÁRIOS

Historiadora, costureira e apaixonada pela história das coisas miúdas e aparentemente insignificantes. Alguém que acredita que a vida é muito curta para usar roupas comuns e que a moda é, sim, um espelho da história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »